CAMPEONATO BRASILEIRO

CAMPEONATO BRASILEIRO

POR

LUIZ EDUARDO LAGES

LUIZ EDUARDO LAGES


Segue a lista oficial de todos os campeões e vices brasileiros, assim como de todos os terceiros e quartos colocados, que foram homologados ou reconhecidos pela CBD e sua sucessora CBF, ao longo dos anos. O título de Campeão de 1920 do Paulistano e o Vice do Fluminense, apesar de ter sido considerado, na época, um torneio de projeção nacional, não foi reconhecido pela CBF como Campeonato Brasileiro quando da homologação dos títulos. Este reconhecimento de Campeões e Vices, Terceiros Colocados e Quartos Colocados Brasileiros foi feito somente à partir da Taça Brasil, criada em 1959.

DETALHES:

1º) O primeiro torneio de projeção interestadual que teve o título reconhecido pela então CBD, embora não homologado como "CAMPEONATO BRASILEIRO", logo sem seu vencedor tendo sido campeão brasileiro, foi o "TORNEIO DOS CAMPEÕES", disputado em 1920. Foi o único na época do amadorismo que teve um reconhecimento como um torneio de expressão nacional, embora com "status" de interestadual, promovido pela entidade oficial que comandava o futebol brasileiro. Na era do amadorismo, não houve clube no Brasil que tenha recebido o título de campeão do país.

2º) Depois do "Torneio dos Campeões" de 1920, somente em 1959, com o surgimento da "TAÇA BRASIL", tivemos campeões de expressão, em nível nacional, hoje reconhecidos e homologados como campeões brasileiros. A "TAÇA BRASIL" foi criada para indicar o representante do país na "COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA", mais tarde passando a indicar seus "CAMPEÕES" e "VICES". Foi o primeiro torneio verdadeiramente nacional na era do profissionalismo e que, posteriormente, foi, desde a sua primeira realização em 1959, com inteira justiça, homologado como Campeonato Brasileiro.

3º) O "TORNEIO ROBERTO GOMES PEDROSA" foi disputado durante muito tempo, mas com seus "CAMPEÕES" e "VICES" tendo o direito de representarem o Brasil na "COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA", somente nos dois últimos anos, em 1969 e 1970 (vide quadro abaixo), logo que acabou a "TAÇA BRASIL" e antes do início do atual sistema do "CAMPEONATO BRASILEIRO". Seus Campeões e Vices em 1967, 1968, 1969 e 1970, posteriormente, ganharam "status" de Campeões e Vices do país, oficialmente, quando o torneio foi reconhecido nestes quatro últimos anos como "CAMPEONATO BRASILEIRO", tendo, inclusive, sido nos dois primeiros anos paralelo e juntamente com a "Taça Brasil". Sendo assim, teoricamente, nestes primeiros dois anos poderiam haver dois Campeões Brasileiros e dois Vices! Entretanto, seus vencedores e segundos colocados não representaram o Brasil na maior competição da CONMEBOL enquanto havia a "Taça Brasil", somente tendo este direito nos dois últimos anos, ou seja, quando a "Taça Brasil" já não era mais disputada, já que esta competição era, de fato, o maior torneio nacional. De qualquer forma, quando a "TAÇA BRASIL" foi extinta, antes da instituição do sistema atual do "CAMPEONATO BRASILEIRO", somente em 1970, no último ano do "Roberto Gomes Pedrosa", popularmente conhecido como "Robertão", seu Campeão, que foi o Fluminense, e o respectivo Vice, o Palmeiras, foram indicados para representarem o Brasil na "Libertadores", o Campeonato Sul-Americano de clubes mais importante, pois era representado pelos Campeões e Vices de cada país filiado à CONMEBOL, autoridade máxima da região. No quadro referente abaixo, constam os vencedores nestes citados anos (1967, 1968, 1969 e 1970), quando o "Robertão" em 2010, juntamente com a Taça Brasil, ganharam oficilmente "status" de Campeonato Brasileiro", com seus Campeões e Vices homologados pela CBF.

4º) Com a instituição do sistema atual, com o título de "CAMPEONATO BRASILEIRO" em 1971, todos os seus "CAMPEÕES" e "VICES" foram automaticamente proclamados e homologados, inicialmente pela antiga CBD e atualmente pela sua sucessora CBF, "CAMPEÕES" e "VICES" BRASILEIROS, respectivamente, e, obviamente, tendo (dependendo do ano), no mínimo, os seus campeões indicados para representarem o país na "COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA". Em diversas ocasiões, como atualmente, também o vice tem este direito, assim como alguns dos melhores colocados na maior competição do país.

5º) Na edição de 1987, o Flamengo (RJ), classificado para as finais por ter sido o primeiro colocado do módulo verde e o Internacional (RS), classificado por ter sido o segundo colocado neste mesmo módulo, recusaram-se a disputar o quadrangular final e, pelo regulamento então vigente, ambos perderam por WO para o Sport Recife (PE) e o Guarani (SP), classificados para as finais pelo módulo amarelo. Assim, tivemos os dois jogos finais, com o SPORT RECIFE (PE), sagrando-se "CAMPEÃO BRASILEIRO" e o GUARANI (SP), "VICE-CAMPEÃO", com o resultado final proclamado e homologado pela CBF, entidade máxima do futebol brasileiro. A CBF, naquela ocasião, automaticamente, como autorizava o regulamento, indicou o SPORT RECIFE (PE), como legítimo "CAMPEÃO" e o GUARANI (SP), como legítimo "VICE", para representarem o Brasil na "COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA".

Posteriormente, em 21 de FEVEREIRO de 2011, a CBF reconheceu oficialmente também o FLAMENGO (RJ) como "CAMPEÃO BRASILEIRO de 1987" e o INTERNACIONAL (RS) como "VICE-CAMPEÃO BRASILEIRO de 1987", ficando, para todos os efeitos, o SPORT RECIFE (PE) e o FLAMENGO (RJ) com os títulos oficiais de "CAMPEÕES" e o GUARANI (SP) e o INTERNACIONAL (RS) como "VICE-CAMPEÕES" no respectivo ano de 1987. Porém, no dia 15 de junho de 2011, a CBF acatou uma decisão da justiça comum e resolveu revogar o título de Campeão Brasileiro de 1987 do Flamengo (RJ) e, consequentemente, o Vice do Internacional (RS) naquele ano, considerando, definitivamente, o SPORT CLUB RECIFE (PE) como único "CAMPEÃO BRASILEIRO de 1987" e o GUARANI (SP) como único "VICE-CAMPEÃO de 1987". O FLAMENGO (RJ), foi o terceiro colocado, ficando o INTERNACIONAL (MG), em quarto lugar. Ver a tabela completa de CAMPEÕES, VICES, terceiros e quartos colocados, abaixo, nesta página.

6º) Na edição do ano 2000, a "COPA JOÃO HAVELANGE" foi de fato e de direito o "CAMPEONATO BRASILEIRO" e foi organizada pelos principais clubes do país (com o aval da CBF), através da instituição popularmente conhecida por "Clube dos Treze". O vencedor e o vice foram reconhecidos e homologados pela CBF como legítimos "CAMPEÃO" e "VICE" BRASILEIROS. O primeiro e segundo colocados da "COPA JOÃO HAVELANGE" foram indicados para representarem o Brasil na "COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA".


EIS OS CAMPEÕES, VICES, TERCEIROS E QUARTOS LUGARES:


TAÇA DOS CAMPEÕES

ANO CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
1920 PAULISTANO (SP) FLUMINENSE (RJ) BRASIL DE PELOTAS (RS)
--


TAÇA BRASIL (CAMPEONATO BRASILEIRO)

ANO CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
1959 BAHIA (BA) SANTOS (SP) VASCO DA GAMA (RJ) GRÊMIO (RS)
1960 PALMEIRAS (SP) FORTALEZA (CE) FLUMINENSE (RJ) SANTA CRUZ (PE)
1961 SANTOS (SP) BAHIA (BA) AMERICA (RJ) NÁUTICO (PE)
1962 SANTOS (SP) BOTAFOGO (RJ) INTERNACIONAL (RS) SPORT RECIFE (PE)
1963 SANTOS (SP) BAHIA (BA) BOTAFOGO (RJ) GRÊMIO (RS)
1964 SANTOS (SP) FLAMENGO (RJ) CEARÁ (CE) PALMEIRAS (SP)
1965 SANTOS (SP) VASCO DA GAMA (RJ) NÁUTICO (PE) PALMEIRAS (SP)
1966 CRUZEIRO (MG) SANTOS (SP) NÁUTICO (PE) FLUMINENSE (RJ)
1967 PALMEIRAS (SP) NÁUTICO (PE) CRUZEIRO (MG) GRÊMIO (RS)
1968 BOTAFOGO (RJ) FORTALEZA (CE) NÁUTICO (PE) CRUZEIRO (MG)


TORNEIO ROBERTO GOMES PEDROSA
(CAMPEONATO BRASILEIRO)

ANO CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
1967 PALMEIRAS (SP) INTERNACIONAL (RS) CORINTHIANS (SP) GRÊMIO (RS)
1968 SANTOS (SP) INTERNACIONAL (RS) VASCO DA GAMA (RJ) PALMEIRAS (SP)
1969 PALMEIRAS (SP) CRUZEIRO (MG) CORINTHIANS (SP) BOTAFOGO (RJ)
1970 FLUMINENSE (RJ) PALMEIRAS (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) CRUZEIRO (MG)


CAMPEONATO BRASILEIRO

ANO CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
1971 ATLÉTICO MINEIRO (MG) SÃO PAULO (SP) BOTAFOGO (RJ) CORINTHIANS (SP)
1972 PALMEIRAS (SP) BOTAFOGO (RJ) INTERNACIONAL (RS) CORINTHIANS (SP)
1973 PALMEIRAS (SP) SÃO PAULO (SP) CRUZEIRO (MG) INTERNACIONAL (RS)
1974 VASCO DA GAMA (RJ) CRUZEIRO (MG) SANTOS (SP) INTERNACIONAL (RS)
1975 INTERNACIONAL (RS) CRUZEIRO (MG) FLUMINENSE (RJ) SANTA CRUZ (PE)
1976 INTERNACIONAL (RS) CORINTHIANS (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) FLUMINENSE (RJ)
1977 SÃO PAULO (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) OPERÁRIO (MS) LONDRINA (PR)
1978 GUARANI (SP) PALMEIRAS (SP) INTERNACIONAL (RS) VASCO DA GAMA (RJ)
1979 INTERNACIONAL (RS) VASCO DA GAMA (RJ) CORITIBA (PR) PALMEIRAS (SP)
1980 FLAMENGO (RJ) ATLÉTICO MINEIRO (MG) INTERNACIONAL (RS) CORITIBA (PR)
1981 GRÊMIO (RS) SÃO PAULO (SP) PONTE PRETA (SP) BOTAFOGO (RJ)
1982 FLAMENGO (RJ) GRÊMIO (RS) GUARANI (SP) CORINTHIANS (SP)
1983 FLAMENGO (RJ) SANTOS (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) ATLÉTICO PARANAENSE (PR)
1984 FLUMINENSE (RJ) VASCO DA GAMA (RJ) GRÊMIO (RS) CORINTHIANS (SP)
1985 CORITIBA (PR) BANGU (RJ) BRASIL DE PELOTAS (RS) ATLÉTICO MINEIRO (MG)
1986 SÃO PAULO (SP) GUARANI (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) AMERICA (RJ)
1987 SPORT RECIFE (PE) GUARANI (SP) FLAMENGO (RJ) INTERNACIONAL (RS)
1988 BAHIA (BA) INTERNACIONAL (RS) FLUMINENSE (RJ) GRÊMIO (RS)
1989 VASCO DA GAMA (RJ) SÃO PAULO (SP) CRUZEIRO (MG) BOTAFOGO (RJ)
1990 CORINTHIANS (SP) SÃO PAULO (SP) GRÊMIO (RS) BAHIA (BA)
1991 SÃO PAULO (SP) BRAGANTINO (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) FLUMINENSE (RJ)
1992 FLAMENGO (RJ) BOTAFOGO (RJ) VASCO DA GAMA (RJ) BRAGANTINO (SP)
1993 PALMEIRAS (SP) VITÓRIA (BA) CORINTHIANS (SP) SÃO PAULO (SP)
1994 PALMEIRAS (SP) CORINTHIANS (SP) GUARANI (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG)
1995 BOTAFOGO (RJ) SANTOS (SP) CRUZEIRO (MG) FLUMINENSE (RJ)
1996 GRÊMIO (RS) PORTUGUESA DE DESPORTOS (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) GOIÁS (GO)
1997 VASCO DA GAMA (RJ) PALMEIRAS (SP) INTERNACIONAL (RS) ATLÉTICO MINEIRO (MG)
1998 CORINTHIANS (SP) CRUZEIRO (MG) SANTOS (SP) PORTUGUESA DE DESPORTOS (SP)
1999 CORINTHIANS (SP) ATLÉTICO MINEIRO (MG) VITÓRIA (BA) SÃO PAULO (SP)
2000 VASCO DA GAMA (RJ) SÃO CAETANO (SP) CRUZEIRO (MG) GRÊMIO (RS)
2001 ATLÉTICO PARANAENSE (PR) SÃO CAETANO (SP) FLUMINENSE (RJ) ATLÉTICO MINEIRO (MG)
2002 SANTOS (SP) CORINTHIANS (SP) GRÊMIO (RS) FLUMINENSE (RJ)
2003 CRUZEIRO (MG) SANTOS (SP) SÃO PAULO (SP) SÃO CAETANO (SP)
2004 SANTOS (SP)ATLÉTICO PARANAENSE (PR) SÃO PAULO (SP) PALMEIRAS (SP)
2005 CORINTHIANS (SP)INTERNACIONAL (RS) GOIÁS (GO) PALMEIRAS (SP)
2006 SÃO PAULO (SP)INTERNACIONAL (RS) GRÊMIO (RS) SANTOS (SP)
2007 SÃO PAULO (SP)SANTOS (SP) FLAMENGO (RJ) FLUMINENSE (RJ)
2008 SÃO PAULO (SP)GRÊMIO (RS) CRUZEIRO (MG) PALMEIRAS (SP)
2009 FLAMENGO (RJ)INTERNACIONAL (RS) SÃO PAULO (SP) CRUZEIRO (MG)
2010 FLUMINENSE (RJ)CRUZEIRO (MG) CORINTHIANS (SP) GRÊMIO (RS)
2011 CORINTHIANS (SP)VASCO DA GAMA (RJ) FLUMINENSE (RJ) FLAMENGO (RJ)
2012 FLUMINENSE (RJ)ATLÉTICO MINEIRO (MG) GRÊMIO (RS) SÃO PAULO (SP)
2013 CRUZEIRO (MG)GRÊMIO (RS) ATLÉTICO PARANAENSE (PR) BOTAFOGO (RJ)
2014 CRUZEIRO (MG)SÃO PAULO (SP) INTERNACIONAL (RS) CORINTHIANS (SP)
2015 CORINTHIANS (SP)ATLÉTICO MINEIRO (MG) GRÊMIO (RS) SÃO PAULO (SP)
2016 PALMEIRAS (SP)SANTOS (SP)FLAMENGO (RJ) ATLÉTICO MINEIRO (MG)

 

RESUMO DOS TÍTULOS POR CLUBE
CAMPEONATO BRASILEIRO (1959-2016)

CLUBE CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
PALMEIRAS (SP)
9
3
0
7
SANTOS (SP)
8
7
2
1
SÃO PAULO (SP)
6
6
3
4
CORINTHIANS (SP)
6
3
4
5
FLAMENGO (RJ)
5
1
3
1
CRUZEIRO (MG)
4
5
6
3
VASCO DA GAMA (RJ)
4
4
2
1
FLUMINENSE (RJ)
4
0
5
6
INTERNACIONAL (RS)
3
6
6
3
GRÊMIO (RS)
2
3
6
7
BOTAFOGO (RJ)
2
3
2
4
BAHIA (BA)
2
2
0
1
ATLÉTICO MINEIRO (MG)
1
5
6
5
GUARANI (SP)
1
2
2
0
ATLÉTICO PARANAENSE (PR)
1
1
1
1
CORITIBA (PR)
1
0
1
1
SPORT RECIFE (PE)
1
0
0
1
SÃO CAETANO (SP)
0
2
0
1
FORTALEZA (CE)
0
2
0
0
NÁUTICO (PE)
0
1
3
1
VITÓRIA (BA)
0
1
1
0
BRAGANTINO (SP)
0
1
0
1
PORTUGUESA DE DESPORTOS (SP)
0
1
0
1
BANGU (RJ)
0
1
0
0
AMERICA (RJ)
0
0
1
1
GOIÁS (GO)
0
0
1
1
BRASIL DE PELOTAS (RS)
0
0
1
0
CEARÁ (CE)
0
0
1
0
OPERÁRIO (MS)
0
0
1
0
PONTE PRETA (SP)
0
0
1
0
SANTA CRUZ (PE)
0
0
0
2
LONDRINA (PR)
0
0
0
1

 

RESUMO DOS TÍTULOS POR ESTADO
CAMPEONATO BRASILEIRO (1959-2016)

ESTADO CAMPEONATO VICE-CAMPEONATO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
SÃO PAULO (SP)
30
25
12
20
RIO DE JANEIRO (RJ)
15
9
13
13
MINAS GERAIS (MG)
5
10
12
8
RIO GRANDE DO SUL (RS)
5
9
12
10
BAHIA (BA)
2
3
1
1
PARANÁ (PR)
2
1
2
3
PERNAMBUCO (PE)
1
1
3
4
CEARÁ (CE)
0
2
1
0
GOIÁS (GO)
0
0
1
1
MATO GROSSO DO SUL (MS)
0
0
1
0


RESUMO DOS TÍTULOS POR REGIÃO
CAMPEONATO BRASILEIRO (1959-2016)

REGIÃO CAMPEONATO VICE-CAMPEONATO TERCEIRO LUGAR QUARTO LUGAR
SUDESTE
52
43
36
41
SUL
7
10
18
12
NORDESTE
3
6
5
5
CENTRO-OESTE
0
0
2
1


 


LUIZ EDUARDO LAGES

(jornalista, cronista e historiador de futebol)

ATUALIZADO EM 3 DE OUTUBRO DE 2017


Copyright © LUIZ EDUARDO LAGES


PREVIOUS PAGE: "BRAZILIAN FOOTBALL INDEX"
PÁGINA ANTERIOR: "FUTEBOL BRASILEIRO"


OTHER PAGES

"BRAZIL IN THE WORLD CUP"
"CAMPEONATO DO RIO DE JANEIRO"
"TURFE BRASILEIRO"
"BRAZILIAN TURF"
Top of this page | Back to homepage (frame)

E-mail